Lula diz estar aberto a conversar com Ciro Gomes sobre eleições

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, neste sábado, 21, que aceita conversar com quem estiver disposto a debater com ele, incluindo Ciro Gomes (PDT), com quem deve disputar a corrida presidencial, em 2022. Os dois romperam após as eleições de 2018.

“Minha mãe me dizia para não brigar. Se um não quer, dois não brigam. Estou aberto a conversar com quem quiser falar comigo. Respeito muito o Ciro, mas entendo que meus adversários me critiquem. Se ele for na televisão e falar bem de mim, eu ganho a eleição”, afirmou Lula, justo em visita ao Ceará, reduto eleitoral de Ciro.

Lula segue em visita pelo Nordeste. Durante seu roteiro, ele já esteve nos estados de Pernambuco, Piauí e Maranhão. Segundo informações da Folha de S. Paulo, ele ficará em Fortaleza até segunda-feira, quando encontrará o ex-senador Eunício Oliveira, aliado de longa data do petista e inimigo político de Ciro Gomes.

“Eunício foi meu ministro das Comunicações, teve mandato de deputado, de senador. Não vou me meter nas alianças, mas é importante ter Eunício no Congresso Nacional”, explicou.

O ex-presidente diz ainda que o antagonismo entre ele e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não deve ser visto como “polarização”. “Não gosto quando falam que eu e Bolsonaro somos polarizados. Quem fala isso mente. Eu tenho uma história, meu governo foi democrático. Temos que em 2022 nos unir para tirar isso aí que foi eleito em 2018”, concluiu.

Deixe um comentário