Jovem que matou namorada a facadas e depois se suicidou deixou carta para família confessando o crime

Lindinalva dos Santos, mãe da jovem Gabriele dos Santos Souza, de 25 anos, morta a facadas pelo namorado, no bairro de São Cristóvão, em Salvador, acredita que o feminicídio foi premeditado. Guilherme Andrade Santos, 21, cometeu suicídio e deixou uma carta para a família dele confessando o crime.

No bilhete, ele ainda teria informado os locais onde os corpos, dele e da vítima, poderiam ser encontrados. Gabriele foi encontrada morta por familiares na casa onde morava. Já o corpo de Guilherme foi achado na região da praia de Ipitanga, em Lauro de Freitas, com marcas de tiros.

De acordo com a polícia, a arma que Guilherme usou para se matar foi encontrada em um córrego, que também fica na região da praia.

lauro de freitas

Gabriele e Guilherme namoraram por cerca de 1 ano e 5 meses e tinham um relacionamento marcado por brigas. Em entrevista à TV Bahia, Lindinalva conta que dois meses atrás o rapaz passou a ter comportamento agressivo com a namorada.

Um dia antes do crime, Gabriele e Guilherme foram para um restaurante, no Corredor da Vitória. Ela chegou a fazer várias publicações nas redes sociais, onde mostrava momentos de diversão, em uma praia privada. Depois disso, a família de Gabriele não teve mais contato com a vítima.

O sepultamento de Gabriele aconteceu neste sábado (29), no Cemitério Municipal de Itapuã.

O caso é investigado pela 1ª Delegacia de Homicídios.

Deixe um comentário