Jovem é presa por praticar assaltos com fuzil: ‘Usava beleza para atrair vítimas’

A jovem Thalita Silva Teixeira, de 19 anos, foi presa durante uma operação policial no Rio de Janeiro nesta terça-feira (5). Ela é acusada de, na companhia do namorado e de outros dois comparsas, participar de uma série de crimes. O último foi na segunda-feira, onde diversas vítimas de roubo reconheceram Thalita como a assaltante que estava na garupa de uma moto, portando um fuzil, informou o jornal Extra.

O namorado da jovem, Luan Nascimento Duarte Silva, de 18 anos, é considerado foragido desde o dia 29 de dezembro, quando teve a prisão temporária decretada. Na mesma data, a juíza Maria Izabel Pena Pieranti tomou decisões semelhantes sobre Darlan Nascimento Duarte Silva, irmão de Luan, e Fabiano da Hora, os outros dois integrantes do bando.

Além dos roubos, os homens do bando são acusados de crimes como estupros e estupro de vulnerável. Segundo a Polícia Civil, em parte dos assaltos eles chegavam a cometer abuso sexual contra vítimas mulheres. Em um dos casos, isso aconteceu a uma mãe e a filha, de apenas 13 anos. Luan, Darlan e Fabiano também estariam envolvidos em homicídios e tentativas de homicídios.

Já Thalita começou a se envolver aos poucos com a criminalidade. Inicialmente, de acordo com a reportagem, ela aproveitava a aparência física para atrair possíveis vítimas de roubo. Mais tarde, contudo, a jovem também passou a ter participação mais ativa nos assaltos.

“Ela se valia das características físicas, da beleza e da boa aparência para se aproximar de eventuais vítimas e apontar possíveis alvos. Depois, o grupo utilizava o forte armamento bélico para efetuar os roubos”, detalha o delegado Alexandre Netto, da 54ª DP. “Só que nessa noite ela participou muito mais ativamente da empreitada criminosa. Junto do namorado e de Fabiano, eles subtraíram celulares e outros pertences de várias vítimas exibindo pistola e fuzil, e pelo menos cinco reconheceram a Thalita. Ela estava, inclusive, com um fuzil na garupa da moto do namorado.”

Ao ser ouvida informalmente pelos policiais, Thalita confirmou que é namorada de Luan e reconheceu que estava com vários celulares que são produto de roubo. Ela negou, contudo, ter participado ativamente do assalto.

Deixe uma resposta