Vereador é flagrado preparando golpe político

Durante este final de semana foi revelada uma manobra realizada pelo presidente da Câmara Municipal de Luís Eduardo Magalhães, o vereador Fernando Fernandes, que tem como finalidade dar mais um golpe político na cidade do oeste baiano.

Estão acautelados no hotel em Santa Maria da Vitória os vereadores Fábio Lauck, Sandra da ONG, Fábio Rocha, Dá do Sol do Cerrado, Fernando Fernandes e seu irmão Filipe Fernandes.

A forma com que o presidente da Câmara chegou ao cargo já é bem conhecida em Luís Eduardo Magalhães; após se eleger na base do atual prefeito, tendo seu irmão como vice, o vereador, então recém-eleito, se uniu aos vereadores da oposição em troca dos votos que o elegeria comandante da casa legislativa.

Não bastasse ter sabotado o projeto de lei que daria aos mais de 21 mil alunos o direito a ganhar gratuitamente seus uniformes, Fernando Fernandes ainda está usando os professores para sua manobra política.

Outro motivo que está levando o vereador Fernandes a atacar a gestão é a denúncia feita ao Ministério Público sobre a compra de café, e outros produtos alimentícios, numa pequena loja de bairro especializada em venda de cosméticos, vizinha da sua casa. Além disso, ainda tem a licitação para a Reforma da Câmara, concluída no apagar das luzes de 2021, com um gasto previsto de R$ 7 milhões. Na reforma será gasto apenas no item ‘pele de vidro’ cerca de R$ 6,2 milhões.

Deixe um comentário