Lula mantém 11 pontos de frente em pesquisa da Exame Ideia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva abre 11 pontos de vantagem na pesquisa de intenção de votos estimulada Exame/Ideia. Conforme números divulgados nesta quinta-feira (24), se o primeiro turno das eleições fosse hoje Lula teria 40% dos votos, contra 29% do candidato a reeleição, presidente Jair Bolsonaro (PL), e 9% de Ciro Gomes (PDT) e Sergio Moro (Podemos). Em relação a sondagem de fevereiro, Lula perdeu dois pontos e Bolsonaro avançou também dois pontos, ambas variações dentro da margem de erro.

Eduardo Leite (PSD) ficou com 2% das intenções de voto, sendo seguido por João Doria (PSDB), André Janones (Avante) e Simone Tebet (MDB), os três com um ponto. Luiz Felipe D’Ávila (Novo) e Aldo Rebelo (sem partido) aparecem com 0,4% e 0,1%, respectivamente. Brancos e nulos somaram 4% e indecidos ficaram com 2%.

Na espontânea, o ex-presidente também lidera, com 34,5% das intenções de voto. Bolsonaro tem 25% e Ciro e Moro voltam a empatar, agora com 4%. Para o segundo turno, foram levantados sete cenários, envolvendo Lula e Bolsonaro contra Ciro, Moro e Doria e a disputa entre os dois primeiros, na qual Lula venceria Bolsonaro com 50 x 37%.

A sondagem ouviu 1.500 pessoas entre os dias 18 e 23 de março, tendo sido registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-04244/2022. Com margem de erro de três pontos para mais ou para menos, a pesquisa foi realizada por telefone, com ligações tanto para fixos residenciais quanto para celulares.

Deixe um comentário