Vereador morre após ser baleado quando chegava em casa – ITAPICURU FM 104,9

Vereador morre após ser baleado quando chegava em casa

Um vereador de Itapevi, na Grande São Paulo, foi assassinado na garagem de sua casa noite de quarta-feira (17). Denis Lucas (Republicanos), de 47 anos, foi baleado duas vezes.

Segundo a Polícia Civil, a vítima foi atingida na cabeça quando fechava o portão de casa por volta das 22 horas. Ela havia acabado de voltar de um culto religioso e estava sozinho no carro. Segundo a polícia, os tiros atingiram a cabeça do vereador.

De acordo com a polícia, nada foi levado e ainda não há pistas que indiquem a motivação do crime.

No entanto, já foi descartada a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte). O celular da vítima estava dentro do carro quando a polícia chegou ao local.

Ninguém foi preso. A polícia acredita que apenas uma pessoa tenha participado do crime, mas apenas as investigações vão confirmar a suspeita. Ainda não há informações se o crime teve relação com o cargo do vereador.

A perícia esteve no local do crime para tentar colher as impressões digitais do suspeito.

Sobre o vereador

Denis Lucas era casado e deixa a esposa e uma filha. O político estava no segundo mandato como vereador de Itapevi.

Antes de ser eleito vereador, atuou por cinco anos como conselheiro tutelar do município.

Na Câmara, é membro de duas comissões permanentes: Finanças e Orçamento e Fiscalização e Controle, responsáveis por apreciar, acompanhar e fiscalizar projetos de leis da cidade.

Repercussão

Em nota, o presidente do Republicanos, Sergio Fontellas, lamentou a morte do vereador.

“Recebemos há pouco a triste notícia do falecimento do nosso vereador Denis Lucas, da cidade de Itapevi. Em nome do Republicanos São Paulo, expresso os meus sentimentos para todos os familiares e amigos do Denis, que vinha desempenhando um importante papel na política do município. Que Deus possa confortar aqueles que sentem a sua perda neste momento.”

O prefeito de Itapevi, Igor Soares (Podemos), se manifestou pelas redes sociais.

Na postagem, ele afirma que o vereador foi vítima de um possível latrocínio – roubou seguido de morte. A polícia, entretanto, investiga a morte como assassinato.

“Recebi a triste notícia que o vereador e amigo Denis Lucas foi vítima de possível latrocínio e, infelizmente, veio a óbito. Um cara do bem, que lutava pela defesa dos valores cristãos e da família, membro da Igreja Universal do Reino de Deus, e que também fazia um grande trabalho social e de evangelização.”

Deixe uma resposta