Criança de 11 anos é decapitada e enterrada por outros 2 menores de 16 anos

Chega a um fim trágico o desparecimento de uma criança de 11 anos, procurado pela família desde o fim de semana em Morro do Chapéu/BA.

Conforme o boletim da Polícia Civil, dois menores de 16 anos confessaram ter levado a criança ao local conhecido como Areial, onde assassinaram a golpes de arma branca e arrancaram a cabeça, enterrando-a em cova rasa, ao lado do corpo. Ao lado da Polícia Militar, desde sábado, dia 14 de agosto de 2021, a Polícia Civil, dando sequência ás investigações, concluiu-as e elucidou o crime bárbaro. (As informações são do Leo Ricardo Notícias)

POLÍCIA CIVIL DA BAHIA / 14° COORPIN/DELEGACIA TERRITORIAL DE MORRO DO CHAPÉU/BA

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA / 1° PELOTÃO DE MORRO DO CHAPÉU/BA

⇒TIPIFICAÇÃO: ATOS INFRACIONAIS ANÁLOGOS AOS CRIMES DE HOMICÍDIO QUALIFICADO E OCULTAÇÃO DE CADÁVER (ART. 121, parágrafo 2°, II e IV c/c ART. 211, AMBOS DO CP)

⇒DATA: 17/08/2021

⇒HORA: 19h30min

⇒LOCAL: Região conhecida como “Areial”, Morro do Chapéu/BA

⇒PROCEDIMENTO: AUTO DE INVESTIGAÇÃO DE ATO INFRACIONAL – AIAI

⇒AUTUADOS: J.S.O (16 anos) e L.F.G.O (16 anos)

⇒OCORRÊNCIA POLICIAL: 21-00679

Na data e hora acima citadas, equipe da Polícia Civil, em trabalho conjunto com a Polícia Militar, dando continuidade à diligências iniciadas ainda no dia 14/08/2021, quando ocorreu o desaparecimento de uma criança de 11 anos de idade, obteve êxito na identificação e localização dos responsáveis pelo desaparecimento.

Na oportunidade, os menores de idade identificados como J.S.O (16 anos) e L.F.G.O (16 anos), confessaram que ceifaram a vida da criança, dando detalhes acerca da prática do ilícito e, inclusive, informando o local onde o corpo fora desovado.

De pronto, as equipes da Polícia Civil e Militar de Morro do Chapéu, acompanhados de um dos autores do ato infracional, promoveram incursões na região conhecida como “Areial”, a fim de localizar o cadáver da vítima. Após progressão em zona de mata, os policiais lograram êxito em identificar o local onde o corpo foi desovado e posteriormente enterrado.

Na oportunidade, após realizar a escavação do local, os policiais constataram que o corpo da vítima apresentava perfurações de arma branca pelo corpo, especificamente na região do tórax, braços e pernas, bem como o cadáver encontrava-se decapitado, permanecendo a cabeça enterrada ao lado do corpo. Segundo apurado, o tento criminoso teria sido motivado pelo fato da vítima ter furtado substâncias entorpecentes (crack) dos autores.

Ressalta-se que tanto autores como vítima são conhecidos pela Polícia Civil por envolvimento com o tráfico de drogas na cidade de Morro do Chapéu/BA, tanto na condição de usuários, como na condição de vendedores de entorpecentes.

⇒PROVIDÊNCIAS ADOTADAS:

. Lavratura do AAF

. Requisição de Perícia de Local de Crime e Necrópsia

. Comunicação ao Poder Judiciário, MP e Defensoria Pública

Deixe um comentário