Bahia registra segundo dia consecutivo com maior número de internações por Covid-19

Pelo segundo dia consecutivo, a Bahia registrou o maior número de internações em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) para Covid-19. Dessa vez, o estado ultrapassou a marca de sexta, 19, quando foram contabilizadas 866 internações e fechou o boletim da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) deste sábado, 20, com 868 pacientes internados.

Segundo informações do balanço, ainda foram acrescidas 68 mortes causadas pela doença, totalizando 11.128 vítimas desde o início da pandemia. Os respectivos novos óbitos ocorreram entre os dias 2 de dezembro e 19 de fevereiro, mas só puderam ser incluídos no sistema da Sesab a partir desta atualização.

Com relação ao número de contaminados, o boletim informou que foram confirmados 4.100 novos casos. Atualmente, o montante de contaminados já atingiu 651.848 pessoas, sendo que mais de 623 mil já se curaram e 17.287 pacientes ainda são considerados ‘casos ativos’. Com base nos dados, a taxa de letalidade da doença corresponde a 1,71% do total de infectados.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.017.902 suspeitas de Covid-19 que foram descartadas, enquanto 150.690 possibilidades ainda seguem em investigação.

Vacinação

Até o momento, a Bahia já vacinou 414.224 pessoas com a primeira dose do imunizante contra o coronavírus. Dentro deste número, quase 45 mil baianos já receberam a segunda dose do imunizante, compreendendo um percentual de 27,3% do total de todas as aplicações.

Por fim, a Sesab informou que tem se observado volume excedente de doses nos frascos das vacinas contra a Covid-19, o que possibilita a utilização de 11 e até 12 doses em apenas um frasco, assim como acontece com outras vacinas multidoses. O Ministério da Saúde emitiu uma nota que autoriza a utilização do volume excedente, desde que seja possível aspirar uma dose completa de 0,5ml de um único frasco-ampola.

()

Deixe um comentário