Em livro, Xuxa revela detalhes de namoro com Pelé e relembra fora do ex-jogador por ser virgem

Intitulada “Memórias”, a autobiografia de Xuxa Meneghel tem dado o que falar na internet. Lançada nesta segunda-feira (21), detalhes sobre o relacionamento conturbado da atriz com Pelé chamaram a atenção dos leitores e repercutiram na web. 

Em uma das passagens do livro, Xuxa revela que conheceu o ex-jogador durante uma sessão de fotos e que chegou a levar um fora do “Rei do Futebol” por ainda ser virgem. 

“Ele disse que não queria ter a responsabilidade de ser o meu primeiro homem”, contou.

Sobre a participação no polêmico filme “Amor estranho amor”, a cantora contou que aceitou participar da produção a pedido do craque.

“Em 1982, fiz um filme a pedido do Pelé, ‘Amor estranho amor’, do Walter Hugo Khouri. Apesar de ter Tarcísio Meira e Vera Fischer, odiei fazer. Foi uma experiência péssima. Cedi ao pedido do meu namorado da época e desde então aprendi a respeitar minha própria vontade”. afirmou.

Na obra, a “Rainha dos Baixinhos” comenta que se envolveu com um rapaz pouco tempo depois de conhecer Pelé. Depois de um tempo, a artista e o ex-futebolista começaram a namorar, mas que a relação foi marcada por traições. 

“Tenho sentimentos bastante contraditórios quando penso nessa época. Ele tinha mais de uma personalidade: o Pelé, para todo mundo, e o Dico, para mim. O Dico era aquele que jogava buraco com minha mãe, que era o meu namorado. E, às vezes, ele me falava: ‘O Pelé precisa sair hoje’. E nessas eu era traída loucamente”, contou.

Xuxa e Pelé começaram a namorar na década de 1980 e ficaram sete anos juntos. Na época, a apresentadora tinha 17 anos e o ex-jogador 40.

Deixe um comentário