Cidade colombiana que prende moradores pelos pés registra primeiro caso de Covid-19

Moradores do municipio de Tuchín, distrito de Cordoba, Colombia, que descumprem as medidas restritiva impostas pela prefeitura no combate a Covid-19 estão sendo punidas de maneira inusitada.

Aqueles que infringem as recomendações estão sendo presos ao pé em praça pública. Segundo o prefeito da cidade de 35 mil habitantes, Aléxis Salgado, a punição tem origem povo indígena Zenú, naturais da região. “Para preservar a estrutura institucional e respeitar os usos e costumes do povo Zenú, essa articulação está sendo realizada. Queremos ser um exemplo de respeito e demonstrar que, apesar da diversidade existente em nosso território, as instituições estão se unindo para proteger a saúde de todos”, disse ao jornal local “El Tiempo”.

Salgado explica que o tráfego na cidade diminuiu e que medidas financeiras não seriam viáveis para população. “Se impusermos uma sanção econômica, a grande maioria não terá como pagá-la, mas se recorrermos a essas práticas típicas de sua cultura, as estamos fazendo com que cumpram as leis e mantenham vivas suas tradições.

De acordo com a a Universidade de Córdoba, a cidade registrou o primeiro caso de Covid-19 neste domingo, 7. Trata-se de uma mulher de 32 anos, com histórico de câncer de estomago. A paciente segue assintomática em isolamento domiciliar.

Deixe um comentário