Festa com aglomeração em Eunápolis termina em tiroteio e morte

Um homem identificado como Ruan Silva dos Santos, conhecido como “Jamaica”, morreu na noite deste sábado, 2, no bairro Gusmão, em Eunápolis, no sul baiano. Ele foi baleado após um tiroteio em uma festa, que foi denunciada por descumprir o decreto municipal que proíbe aglomerações em meio à pandemia do coronavírus.

De acordo com informações do site Radar64, a denúncia informava que no local ocorria venda e consumo de drogas. Quando percebeu a aproximação dos policiais, o grupo correu em direção a uma mata. Ruan estaria armado e trocou tiros com os policiais, mas acabou baleado e foi a óbito.

Segundo a polícia, Ruan já teria sido preso na cidade.

Deixe um comentário