Redes Sociais

Suspeito de manter mulher em cárcere privado há 10 anos é preso em Salvador

Publicado em 08/11/2019 às 06:41h


Edilton Pereira Santos, de 41 anos, foi preso em flagrante na tarde desta quinta-feira, 7, no bairro de Tubarão, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, suspeito de manter a sua companheira em cárcere privado desde 2009.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, uma denúncia anônima levou os policias ao imóvel que Edilton dividia com a vítima. Ao notar a presença policial, a mulher correu em direção a viatura e pediu socorro.

“Edilton a ameaçava e agredia constantemente. No dia anterior havia batido nela com um facão por não arrumar a cama”, revelou a delegada Simone Moutinho, titular da Delegacia Especia de Atendimento à Mulher de Periperi (Deam/Periperi).

A vítima, que não teve a identidade revelada era proibida de sair de casa desacompanhada, além de ser impedida de ir ao dentista e usar anticoncepcional. Ela foi encaminhada para perícia e ficará amparada por medida protetiva.

O suspeito foi autuado em flagrante e responderá por cárcere privado, ameaça e lesão corporal. Ele segue nesta sexta-feira, 8, para audiência de custódia


Edilton Pereira Santos, de 41 anos, foi preso em flagrante na tarde desta quinta-feira, 7, no bairro de Tubarão, no Subúrbio Ferroviário de Salvador, suspeito de manter a sua companheira em cárcere privado desde 2009.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, uma denúncia anônima levou os policias ao imóvel que Edilton dividia com a vítima. Ao notar a presença policial, a mulher correu em direção a viatura e pediu socorro.

“Edilton a ameaçava e agredia constantemente. No dia anterior havia batido nela com um facão por não arrumar a cama”, revelou a delegada Simone Moutinho, titular da Delegacia Especia de Atendimento à Mulher de Periperi (Deam/Periperi).

A vítima, que não teve a identidade revelada era proibida de sair de casa desacompanhada, além de ser impedida de ir ao dentista e usar anticoncepcional. Ela foi encaminhada para perícia e ficará amparada por medida protetiva.

O suspeito foi autuado em flagrante e responderá por cárcere privado, ameaça e lesão corporal. Ele segue nesta sexta-feira, 8, para audiência de custódia


PUBLICIDADE

Top