Redes Sociais

Ponto Novo: “#2020ÉLOGOALI”; vocês estão certos disso?

Publicado em 06/12/2018 às 07:53h


 Por Samuel Rosa

O slogan apresentado ganhou forma e todo o eleitorado pontonovense, assíduo nas discussões políticas, logo lembra da militância do possível/provável candidato a prefeito do município em 2020, Dr. Thiago Gilleno (PSD), que tem como objetivo, através da rashtag, avisar a população que é próxima as eleições em que o doutor entrará para vencer. O jovem médico, calouro no ramo, tem como grande trunfo ações sociais com ênfase na saúde, que hoje representa o principal calcanhar de Aquíles da gestão do prefeito Tiago Miranda Venâncio Maia (MDB).

O resultado foi imediato: votação expressiva dos deputados recém-eleitos apoiados por Gilleno, Diego Coronel e Otto Alencar Filho (ambos do PSD), totalizando 3426 votos. Logo em seguida, em enquete realizada pela Web Interativa, o doutor lidera com a preferência de 34,4% dos participantes, desbancando figuras como o atual gestor do município Tiago Venâncio e o ex-prefeito Adelson Maia (PP) que aparecem com 24,5% e 15,1%, respectivamente, mostrando que o PSDista encaminha com robustez seu rótulo de nova liderança política no município, afinado com as ruas.

Apesar das vitórias momentâneas, resultantes, principalmente, de trabalhos sociais, Gilleno pode acumular derrotas futuras politicamente pois, segundo informações, ex-aliados e importantes aliados estariam insatisfeitos com a forma como o doutor faz o “jogo político”,  o qualificando com palavras extremamente depreciativas como traidor, soberbo, desmoralizador, “chutador de canela”, tomando como norte a atuação do mesmo nas eleições de 2016 e 2018, em que o doutor seria o individualista e boicotador da turma.

Mesmo com mudanças drásticas no cenário nacional, em que vários foram eleitos sozinhos, com a ajuda das redes sociais e trabalhos individuais, é preciso entender que, internamente, a realidade desse pequeno município no semi-árido nordestino não está ainda em sintonia com esses acontecimentos recentes em outros locais do país e que as alianças continuam sendo necessárias para o debate público, para as eleições e uma possível gestão. Estimular uma “solidão política” faltando quase dois anos para o pleito eleitoral, pode fazer com que o grupo e o próprio Dr. Thiago Gilleno percebam, tarde demais, que 2020 estava muito longe.


PUBLICIDADE

Top