Redes Sociais

Bahia jogará divisão acima do Vitória pela quarta vez em 30 anos

Publicado em 05/12/2018 às 07:31h

A porção rubro-negra de Salvador termina o ano triste por causa do rebaixamento do Vitória para a Série B do Campeonato Brasileiro. E, para “piorar” a situação dos torcedores, eles ainda terão que ver o Bahia na primeira divisão do ano que vem. Uma realidade rara no certame nacional.

Após 1988, quando o sistema de acesso e descenso foi implantado no Brasil da maneira como é hoje, esta será a quarta vez que o Vitória estará em divisão abaixo do Bahia - as outras foram em 1992, 2011 e 2012. O inverso ocorreu em oito anos: 1998, 1999, 2004, 2007, 2008, 2009, 2010 e 2016.

No período de 1989 a 2018, o Vitória participou 23 vezes da primeira divisão, seis da segunda e uma da terceira. Já o Bahia esteve 19 temporadas na Série A, nove na B e duas na C.

A supremacia rubro-negra no âmbito nacional no após 1988, que curiosamente foi o ano do segundo título brasileiro do Bahia, não tem refletido apenas na diferença de quantidade de participações na Série A. Nos 19 anos em que os clubes estiveram na mesma divisão (incluindo a Série B em 2005 e 2015 e a Série C em 2006), em 11 deles o Vitória acabou em colocação acima do arquirrival. O Bahia levou a melhor em oito.

Também foi nas últimas 30 edições que o Leão conseguiu os seus dois maiores feitos no âmbito nacional: as participações nas finais do Brasileiro em 1993 e da Copa do Brasil em 2010, tendo sido derrotado em ambas por Palmeiras e Santos, respectivamente. No mesmo período, a melhor campanha do Bahia no Brasileirão foi o quarto lugar em 1990, dois anos após a segunda estrela. Nas últimas 30 temporadas do Campeonato Brasileiro, o Bahia acabou entre os 10 primeiros colocados três vezes (1990, 1994 e 2001). O Vitória, seis (1993, 1997, 1999, 2002, 2008 e 2013).

Como o rebaixamento impacta no Campeonato Baiano?
Nos 11 anos em que Bahia e Vitória estiveram em divisões diferentes, em sete o clube melhor colocado nacionalmente terminou em posição acima do rival no Campeonato Baiano, contra três campanhas melhores do clube em divisão inferior. Em 1999, ano em que o Vitória estava na primeira e o Bahia na segunda, os rivais dividiram o título.

Entretanto, a estatística reserva um alento para os rubro-negros: essa diferença não tem sido relevante nos anos em que o Vitória está em divisão inferior, como será o caso de 2019. Nas três temporadas em que isso ocorreu, em duas o rubro-negro terminou o Baianão melhor: 1992, quando conquistou a taça, e 2011, quando foi vice para o Bahia de Feira, após eliminar o tricolor na semifinal. Só em 2012 o Bahia estava em divisão superior e acabou na frente – foi campeão, batendo o Leão na final.

Já o Bahia ficou à frente do Vitória no estadual só uma vez nas oito temporadas em que esteve abaixo nacionalmente. Foi em 1998, campeão em cima do rival.

Nas últimas 30 edições, o Leão conquistou 19 títulos contra 10 do Esquadrão - lembrando que em 99 a dupla dividiu o troféu. Bahia de Feira e Colo Colo conquistaram um título cada.

*Sob supervisão do editor Herbem Gramacho.


PUBLICIDADE

Top