Redes Sociais

Com apoio de Lula, Haddad salta de 3% para 11%

Publicado em 08/06/2018 às 06:42h


O IPESPE (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas) realizou entre os dias 4 e 6 de junho, a terceira pesquisa encomendada pela XP Investimentos. O levantamento mostrou um salto atípico e surpreendente de Fernando Haddad quando seu nome é associado à figura de Lula. O levantamento ouviu 1.000 entrevistados por telefone. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais para cima ou para baixo.

“Em uma simulação que associa seu nome à figura de Lula, Haddad salta para 11% das intenções de voto, 10 pontos atrás de Bolsonaro. Este cenário não havia sido testado nas pesquisas anteriores. O petista tem o mesmo patamar que Marina Silva e supera numericamente Ciro Gomes, apesar de os dois estarem tecnicamente empatados neste cenário. Geraldo Alckmin tem 8% e Álvaro Dias, 6%. Brancos, nulos e indecisos somam 27%.

Em uma simulação considerando a candidatura de Lula, o ex-presidente lidera a disputa com 30% das intenções de voto, 10 pontos à frente de Bolsonaro. Os números dos dois são os mesmos da pesquisa anterior. Na sequência, aparece Marina Silva, com 10% (mesmo patamar de maio) e Alckmin com 7% (1 ponto mais baixo). Ciro Gomes tem 6% neste cenário, enquanto Álvaro Dias tem 5%. Brancos, nulos de indecisos somam 16%.



PUBLICIDADE

Top