Redes Sociais

Otto admite que Edvaldo Brito pode compor chapa

Publicado em 16/05/2018 às 06:08h


Presidente do PSD na Bahia, o senador Otto Alencar disse, ontem, que achou “normal” a declaração do vereador Edvaldo Brito (PSD), que, na semana passada, manifestou o desejo de ser indicado pelo partido para a chapa majoritária do governador Rui Costa (PT). “Normal. Ele sempre diz isso. Temos dois postulantes que é [o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Angelo] Coronel e Antonio [Brito], e vamos fazer uma reunião para decidir. Temos dois postulantes porque Edvaldo e o filho são uma figura política, uma personagem só. Eles têm trabalhado muito. Então, aquele que reunir o maior apoio dentro do partido será indicado.”, afirmou o congressista, em entrevista à Tribuna. Apesar de o próprio deputado federal Antonio Brito afirmar que Coronel será “ungido” pelo PSD, Edvaldo Brito minimizou a fala do filho e afirmou que “ninguém está fora” da corrida pela composição governista. “Nenhuma chapa vai se organizar antes da hora. [...] Nós estamos pleiteando um espaço na chapa majoritária e temos nomes a oferecer para que o candidato a governador escolha”, pontuou, em entrevista à rádio Metrópole.

O vereador também atenuou a declaração de Rui Costa, que, no mês passado, sinalizou o desejo de ver Coronel no Senado. "Deve ter sido uma declaração circunstancial, uma vez que é o partido que deve oferecer o nome. Ele diria a mesma coisa se estivesse com Antonio Brito junto dele. Diria que gostaria de vê-lo no Senado ou na vice-governadoria", ponderou. A declaração do chefe do Palácio de Ondina ocorreu após o mandatário da Alba tecer elogios às ações do governo na área da saúde pública da Bahia e profetizar o nome de Rui Costa à Presidência da República, em 2022. “Agradeço pela indicação em 2022. Espero – lhe retribuindo – que você esteja no Senado para me ajudar. O que o cara não faz pela vaga de senador, não é?”, indagou, sorrindo, durante o lançamento da segunda etapa do Mutirão de Cirurgias Eletivas, com a presença de mais de 100 prefeitos baianos.

Embora os quadros do PSD sejam favoritos para compor a chapa de Rui, o partido ainda disputa espaço na composição com o PSB de Lídice da Mata, que quer ser postulante à reeleição. A situação, no entanto, segue em aberto, e a previsão dada pelo governador para escalar o time é o fim deste mês. Ontem, Otto Alencar reiterou que o PSD ainda está na expectativa de ter uma vaga na chapa. “Esperamos ser contemplado. O governador disse, no ano passado, que o PP e PSD teriam espaço. Mas queremos o nosso sem nenhuma imposição ou radicalismo”, frisou.


PUBLICIDADE

Top