Redes Sociais

Em Jacobina, Rui Costa afirma mais uma vez que irá reiniciar o projeto de Irrigação de Ponto Novo

Publicado em 15/04/2018 às 06:55h


Neste sábado, (14/4), o governador Rui Costa esteve na cidade de Jacobina, para assinar ordem de serviço para a construção da Policlinica Regional, a unidade de saúde deve oferecer atendimento em diversas especialidades para moradores de Jacobina e outras 16 cidades da região.
Na entrevista coletiva que concedeu a imprensa o governador foi mais uma vez questionado sobre o projeto de Irrigação de Ponto Novo e o mesmo respondeu, “Eu já autorizei o secretário da Casa Civil, os novos secretários que assumiram as secretarias agora, inclusive a secretaria de agricultura, eles já fizeram uma reunião esta semana, semana que vem vai ter uma reunião comigo que é pra recomeçar o projeto de Ponto Novo, de uma forma planejada de uma forma sustentável, inclusive garantindo que a irrigação seja feita com tecnologia que economize água, não fazendo mais por inundação e não utilizando métodos que infelizmente despedissem muita água, nós queremos que o projeto volte a funcionar de forma racional e de forma que garanta produção, mais também garanta que não vai ter desperdício de água e tecnologia que não desperdiça água, a resposta e positiva e nós vamos sim retomar o projeto, já estamos fazendo reuniões técnicas para definir o formato e chamar inclusive a turma que vai trabalhar os proprietários da terra, para que a gente possa concluir essa negociação e reiniciar o projeto de Ponto Novo”
Hoje, o projeto de irrigação possui 145 lotes de agricultores familiares ocupados por 180 famílias e 33 lotes empresariais, que garantiam a sobrevivência de pelo menos 1700 famílias, ou aproximadamente 30% da população do município; na prática, está acontecendo uma catástrofe na economia de Ponto Novo.
A empresa Sitio Barreiras foi ocupada pelos Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e ao Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA).
A sonhada ampliação da barragem foi concluída com o fusegate, está obra foi financiada pelo FIDA - Fundo Internacional do Desenvolvimento da Agricultura,  através do programa pró-semiárido que financia apenas atividades voltadas para o fomento da produção, não financiando obra para abastecimento humano.
Graças ao Projeto de Irrigação Ponto Novo, a economia, o cenário social, e a vida do homem dessa região ganharam novas perspectivas, geração de empregos e o crescimento da cidade e da região, mais uma vez com essa afirmação do governador as esperanças dos agricultores se renovam.


PUBLICIDADE

Top