Redes Sociais

Coronel da PM rebate Kannário após confusão em trio: deveria botar o capacete, descer e trabalhar junto com a tropa

Publicado em 13/02/2018 às 07:14h


Durante sua passagem no trio sem cordas pelo carnaval do circuito Osmar (Campo Grande), nesta segunda-feira (12), o cantor Igor Kannário criticou o trabalho da Polícia Militar. “Eu tenho imagens da Polícia Militar agredindo a população. Isso é abuso de autoridade, agressão. Um desrespeito à população, nós que pagamos o imposto”.

O coronel Anselmo Brandão, em entrevista ao BNews, rebateu as críticas do vereador do PHS: Kannário deveria botar o capacete, descer e trabalhar junto com a tropa. Infelizmente ele não colabora com a corporação, inclusive ele joga sua massa contra a corporação. Isso é um fator de violência que gera violência. Isso não vamos aceitar. Porque nós estamos sempre nas ruas trabalhando e não é de uma hora para outra que ele vai denegrir todo o trabalho que foi feito durante muito tempo.

O coronel ainda citou exemplos de bandas que “são parceiras da polícia”. “Ele tem que dizer para o público dele para colaborar com a polícia como outros fazem. Exemplo de Bell Marques, La Fúria, Harmonia e Léo Santana. Qualquer ocorrência que tenha excesso por parte do seu público, eles chamam a polícia”, concluiu.


PUBLICIDADE

Top