Redes Sociais

Suspeitos de matar e enterrar casal em quintal na BA buscavam R$ 70 mil recebido pelas vítimas, diz polícia

Publicado em 11/01/2018 às 07:31h


O grupo suspeito de matar e enterrar um casal no quintal de uma casa, em Camaçari, região metropolitana de Salvador, estava em busca de R$ 70 que as vítimas tinham recebido, quando cometeu o crime. A informação foi divulgada pela Secretaria da Segurança da Bahia (SSP-BA), na tarde desta quarta-feira (10).
Conforme o órgão, o valor pode ser proveniente de uma indenização. Juvenal Amaral Neto, 57 anos, e Cristina Amaral, 43, estavam desaparecidos desde o domingo (7), quando fizeram último contato com a filha. Os corpos deles foram encontrados na terça-feira (9).
No mesmo dia, foram presos, suspeitos do crime, Daniel Neves Santos Filho, 29 anos, Carlos Alberto Neres Júnior, além de três adolescentes, de idade não informada. Conforme a polícia, o grupo invadiu a casa das vítimas e, por não conseguir pegar o dinheiro, estuprou a mulher, assassinou o casal e enterrou os corpos no quintal da casa.
Conforme a delegada Maria Tereza Santos, titular da 4ª Delegacia de Homicídios (DH/Camaçari), Daniel e Carlos Alberto foram indiciados por latrocínio (roubo seguido de morte), estupro, ocultação de cadáver, porte ilegal de arma e corrupção de menores. Os adolescentes vão responder por estupro e latrocínio. Os cinco estão à disposição da Justiça.
Os corpos de um casal que estava desaparecido foram encontrados enterrados e em estado de decomposição no quintal da própria casa, na cidade de Camaraçi. Os três suspeitos e os adolescentes apreendidos confessaram o crime.
A polícia chegou até os criminosos, no bairro Santo Antônio, após denúncia anônima. os suspeitos mostraram aos policiais onde fizeram buracos e enterram os corpos. De acordo com a polícia, com os suspeitos foram encontrados uma espingarda calibre 12, um revólver e um veículo modelo Focus, placa JOD-0346.


PUBLICIDADE

Top