Redes Sociais

Fachin abre novo inquérito contra Geddel e determina bloqueio de R$ 13 milhões

Publicado em 07/12/2017 às 07:24h


O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta quarta-feira (6) o bloqueio de R$ 13 milhões de empresas ligadas à família do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB).
O magistrado também estabeleceu, na decisão, a abertura de novo inquérito contra o peemedebista pelo crime de peculato, relacionado à apreensão dos R$ 51 milhões em um apartamento em Salvador associado a ele.
A família Vieira Lima foi denunciada na última segunda-feira (4) pela Procuradoria-Geral da República por lavagem de dinheiro e associação criminosa. Também foram denunciados pelos mesmos crimes a mãe de Geddel, Marluce Vieira Lima, o deputado federal Lúcio Vieira Lima e o ex-assessor do parlamentar, Job Brandão.
O pedido de recolhimento noturno de Lúcio não foi acatado pelo ministro.


PUBLICIDADE

Top