Rui Costa e Louro Maia endurecem a luta contra o covid-19 – ITAPICURU FM 104,9

Rui Costa e Louro Maia endurecem a luta contra o covid-19

O governador da Bahia, Rui Costa estabeleceu medidas mais duras para barrar o crescimento da disseminação da Covid-19 em 62 cidades da Bahia entre elas está a cidade de Filadélfia.

O município vem tendo um grande aumento no número de casos confirmados, de acordo com último boletim divulgado nesta sexta-feira (10), já são 146 casos com 89 recuperados, além disso, o município já conta dois óbitos causado pela doença.

O decreto que estabelece as decisões tomadas foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (11). De acordo com Rui Costa, Filadélfia apresenta uma das maiores taxas de crescimento da doença na Bahia.

Entre as ações que serão adotadas estão a restrição de circulação de pessoas à noite, a restrição de atividades econômicas e a delimitação do horário de funcionamento dos serviços essenciais. O governo da Bahia ainda encaminhou ofício ao Tribunal de Justiça da Bahia e o Ministério Público com solicitação de apoio ao Estado e Municípios.

O toque de recolher está determinado das 18h às 05h, a partir da 0h da próxima segunda-feira (13) até as 24h do dia 19 de julho, a circulação noturna estará liberada apenas para ida a serviços de saúde ou farmácia, ou ainda em situações em que fique comprovada a urgência.

A Polícia Militar da Bahia (PM-BA) apoiará as medidas necessárias adotadas pelos Municípios, em conjunto com a Guarda Municipal, os órgãos especiais vinculados à Secretaria da Segurança Pública observarão a incidência dos arts. 268 e 330 do Código Penal, nos casos de descumprimento.

Rui ainda ressaltou que todas as novas medidas foram acordadas com o prefeito Louro Maia, “O estado só estabelece tais medidas porque houve concordância plena dos prefeitos. Esse tem sido o padrão desde o início da pandemia. Só aplicamos um novo protocolo com 100% de concordância”.

O governador pontuou que pessoas com diagnóstico positivo para o novo coronavírus não têm respeitado os decretos já publicados e tampouco seguem as orientações das equipes de saúde. “Se for o caso, orientaremos que seja realizada denúncia à polícia e ao Ministério Público para providências junto ao juiz local. Todas as medidas nesse sentido serão para que quem estiver contaminado não saia de casa”, acrescenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *