Dois prefeitos morrem em uma semana vítimas da Covid-19 – ITAPICURU FM 104,9

Dois prefeitos morrem em uma semana vítimas da Covid-19

O prefeito de Santo Antônio do Aracanguá (SP), Rodrigo Aparecido Santana Rodrigues (DEM), 35, morreu na tarde desta sexta-feira (26) vítima do novo coronavírus. É o segundo prefeito do interior paulista que morre no intervalo de uma semana com Covid-19.

O político estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital da Unimed, em Araçatuba, desde o dia 2 de junho. Os primeiros sintomas que teve foram dores no corpo, que surgiram no fim de maio.

Conforme a prefeitura, depois de ter apresentado problemas de saúde o prefeito foi levado ao hospital e já internado na UTI com suspeita do novo coronavírus –que se confirmou em exame. No dia seguinte à internação foi intubado e passou a respirar com o auxílio de aparelhos.

No hospital, Rodrigo apresentou anemia e precisou de transfusão de sangue. Foi, ainda, submetido a uma traqueostomia e a sessões de hemodiálise.

Até esta sexta-feira, a cidade tinha 43 casos da Covid-19, com 3 mortes. Ainda de acordo com a prefeitura, foi feito neste sábado (27) um cortejo pelas principais ruas da cidade –entre elas a da prefeitura–, até o cemitério, onde o enterro foi acompanhado apenas por familiares e um padre.

A morte de Rodrigo foi lamentada por prefeituras de municípios paulistas, que publicaram notas de pesar, entre elas Penápolis, Getulina, Dois Córregos e Guzolândia.

SEM CELEBRAÇÃO 

O prefeito estava internado quando a cidade celebrou o aniversário de 27 anos de emancipação político-administrativa, no último dia 13, data que não teve nenhuma atividade, como o baile na praça, devido à pandemia e à internação do político.
O prefeito era agropecuarista e formado em direito. Foi eleito em 2016 com 53,05% dos votos válidos no município (2.968 votos).

Santo Antônio de Aracanguá se emancipou de Araçatuba em 1992 e seu primeiro prefeito tomou posse em janeiro do ano seguinte.

Com a morte, a prefeitura foi assumida de forma definitiva pelo vice-prefeito, Roberto Doná (PSDB), que já estava interinamente no cargo desde o último dia 10, com o afastamento de Santana.

SEGUNDA MORTE 

A morte em Santo Antônio do Aracanguá é a segunda envolvendo prefeitos paulistas no intervalo de uma semana devido à Covid-19. No último dia 20, o então prefeito de Borebi, Antônio Carlos Vaca (PSDB), 73, morreu em Bauru, onde estava internado desde o dia 24 de maio com grave quadro de insuficiência respiratória.

A cidade tem, até este sábado, 13 casos confirmados do novo coronavírus, com uma morte –a do prefeito.

Assim como o prefeito de Santo Antônio do Aracanguá, ele passou por hemodiálise durante seu tratamento, que teve complicações como um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Antônio Carlos estava em seu terceiro mandato na prefeitura. Não houve velório e moradores soltaram balões quando o veículo da funerária chegou à cidade.
O vice-prefeito, Pedro Miguel de Araújo, já tinha assumido o cargo de forma interina durante a internação do titular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *